O Clube Albatroz de Paraquedismo, filiado a Federação Paulista e Confederação Brasileira tem a Sede no hangar da Skydive Piracicaba, localizado no Aeroporto Municipal de Piracicaba – SP, há 150 Km da capital paulista, e ainda, tem o privilégio te ter perfeitas condições geográficas e climáticas para a pratica de esportes aéreos.

Pela Historia, Piracicaba é uma das áreas de salto mais antigas de São Paulo e o Clube Albatroz, com mais de 30 anos na formação de novos atletas, veio se juntar com o Hangar da Skydive Piracicaba, pela ótima infraestrutura oferecida com 3 salas de aula, sala para cinegrafistas, lanchonete, loja, área de dobragem coberta e duas aeronaves Cessna 182, para melhor atender os atletas, acompanhantes e turistas que visitam todos os finais de semana o aeroporto.

O Clube Albatroz de Paraquedismo foi fundado em 05/02/1986 e esta filiado à Federação Paulista de Paraquedismo desde então, atuando no mercado de formação de novos paraquedistas civis e militares, tendo mais de 4000 alunos já formados nesses anos. Tem como Presidente Fundador e Instrutor Responsável, o Sr. Ricardo M. Almeida o qual possui licença de Instrutor da Confederação Brasileira de número 9310E (ISL).

O Clube Albatroz possue Sede Social no Aeroporto Municipal de Piracicaba, cidade que fica a 150Km de São Paulo, onde efetua a parte teórica e prática com os saltos, Aeroporto este que possui autorizações para a prática do paraquedismo pela Federação Paulista de Paraquedismo e também NOTAN permanente do SERAC Quatro (Serviço Regional Aviação Civil), inclusive para saltos Noturnos.
O Clube Albatroz utiliza aeronaves particulares baseadas no Aeroporto de Piracicaba para o lançamento dos paraquedistas iniciantes, ou seja, Aeronaves Monomotor tipo Cessna 182. Todos os equipamentos utilizados pelos alunos, são de propriedade do CAP-SP como paraquedas (equipamento completo), óculos para salto, altímetros, capacetes com rádio receptor e macacão de salto, e atende a todas as Normas de Segurança impostas pela Confederação Brasileira de Paraquedismo.